Projetos que contemplam o conjunto de normas que envolvem fatores como ergonomia, luminotécnica, conforto térmico e acústico, a serem implantados no interior de ambientes residenciais, comerciais ou corporativos, de acordo com as necessidades do espaço e das pessoas que irão compor esse espaço. Além de proporcionar  ambientes harmônicos, equilibrados e organizados por meio da aplicação de conceitos históricos e atuais de design.  A arquitetura de interiores pode ser aplicada em imóveis já existentes, reformas, ou em novas construções. 

A formação em um curso de arquitetura permite que o profissional de arquitetura atue em várias áreas como: estudo e planejamento de projetos de edificações e de interiores, execução de desenho técnico e executivos, elaboração de orçamento, execução  e acompanhamento de obra e serviços técnicos. 

SERVIÇOS

Arquitetura de interiores

Projetos luminotécnicos personalizados e desvinculados a lojas iluminação. 

Um bom lighting designer é alguém que entenda o significado da luz para saúde física e mental dos humanos, leva em consideração as diferenças culturais e os gostos, e pode incorporar todos estes aspectos em seu projeto para criar espaços em que nossa sensação de bemestar é realçada e as características principais do espaço arquitetônico. Além disso, precisa ser tecnicamente praticável e sustentável, no sentido que os produtos e a energia devem ser usados moderadamente. 

Ligthing Design

Projetos que concebem a construção levando em consideração contextos naturais e culturais em que se insere e responde às necessidades dos clientes e futuros usuários do edifício. Esse edifício pode ser de uso residencial ou comercial com metragem que não ultrapassem 600 m² de área construída, ou seja, edifícios de pequeno porte. O projeto arquitetônico é essencial para que a obra saia como planejada e é constituído de:  

Levantamento de dados: Entrevista com o cliente sobre objetivos e necessidades e estudo das características do terreno (dimensões, solo, ventos, regras do condomínio, regras do zoneamento, etc).

Estudo preliminar: Após o levantamento dos dados, o escritório apresenta um esboço inicial do projeto para a aprovação do cliente.

Anteprojeto: Nesta etapa, as dimensões e características da obra serão definidas. Será desenvolvido o projeto com a elaboração da planta-baixa de cada pavimento, contendo informações dos ambientes, pilares, cálculo das áreas e etc. A volumetria, estrutura, planta de cobertura e instalações gerais serão definidas.  Apresentação em  do projeto 3D. 

Projeto executivo:  Após a aprovação do anteprojeto, consiste no desenvolvimento detalhado do anteprojeto. Integra o projeto aos projetos complementares (elétrico, hidráulico, estrutural, telefônico etc), dando plenas condições à execução da obra, conforme o detalhamento do projeto. Os projetos complementares são terceirizados para profissionais especialistas.   

Projeto legal: Nesta etapa, a configuração do projeto deve estar de acordo com as normas indicadas pelos órgãos competentes, com o objetivo de ser aprovada pela prefeitura municipal. 

Projetos Arquitetônicos de Pequeno Porte

© 2016 casafrança arquitetura. Orgulhosamente criado por Wix.com